Não é preciso ter o passaporte mais carimbado da paróquia para saber o tamanho da grife Lonely Planet para os viajantes. Já são mais de 40 anos ajudando gente como você e eu a planejar viagens e a montar roteiros de férias. Seja com livros, guias de conversação, mapas, aplicativos, revistas e uma penca de produtos repletos de informação.

E como você reagiria se eu dissesse que é possível ter acesso a uma infinidade de livros da Lonely Planet de graça na internet? Alguns deles estão disponíveis absolutamente sem custos. Outros estão acessíveis por um pequeno valor em um serviço de assinatura mensal. Com um terço do preço de um guia, você pode ter acesso a centenas deles.

O mapa da mina está na loja brasileira da Amazon. Ela oferece um serviço chamado Kindle Unlimited, que é uma espécie de Netflix de livros. Você paga R$ 19,90 por mês e tem acesso livre a centenas de milhares de livros. Para fazer a assinatura, não é preciso ter um Kindle, o leitor de e-books fabricado pela própria Amazon. O Kindle tem aplicativos para tablets e smartphones. E também dá para ler os livros no seu desktop, caso isso seja cômodo para você.

Não são tooooodos os livros à venda na Amazon que estão disponíveis para os assinantes do serviço. E os títulos em português estão longe de ser a maioria. Mas para os leitores compulsivos, há material para anos e anos de leitura. E para os viajantes como nós, há uma fonte quase inesgotável de informação para planejar viagens rumo a centenas de destinos.

A Lonely Planet, por exemplo, coloca à disposição no Kindle Unlimited uma penca dos guias clássicos, aqueles completinhos sobre um destino específico. Tem volumes dedicados a países inteiros (do Peru ao Butão), regiões turísticas (Provence, Côte d’Azur, Toscana, Costa Amalfitana) e cidades (Madrid e Berlim, por exemplo).

Além destes, há séries de guias mais específicos ou temáticos da Lonely Planet. O “Road Trips” destaca destinos para pisar fundo pelas estradas. O “Pocket” e o “Discover” reúnem de forma compacta as melhores dicas sobre algumas grandes cidades.  As séries “Classic Trips” e “Best Trips” listam sugestões de roteiros para otimizar a sua viagem. “On a Shoestring” foca em dicas para viajantes econômicos. E por aí vai: sempre vai haver um produto com o seu perfil.

Há também alguns volumes que são gratuitos até mesmo para quem não tem a assinatura Kindle Unlimited. Entre eles, alguns golaços da Lonely Planet como a série “Accessible”, que dá dicas de grandes cidades para os viajantes que possuem necessidades especiais.  Também custam zero reais alguns exemplares como o “Secret Europe” e “Um Mundo de Novidades”, que listam destinos de forma mais genérica.

Com tanto material em mãos, você não precisa comprar os guias só depois de decidir o seu roteiro. É possível fazer uma boa pesquisa de destinos lendo todos os livros que você conseguir. O grande porém: a maioria dos títulos gratuitos (ou quase gratuitos) da Lonely Planet é em inglês. Há poucas exceções. Mas, em geral, você vai precisar de uma afinidade ainda que pequena com o idioma para poder absorver as informações dos guias.

 

Abaixo a gente lista alguns dos guias mais instigantes da Lonely Planet à disposição na Amazon brasileira:

 

Tibete

Foto: gaoxuyu/Pixabay

O território autônomo aos pés dos Himalaias é o sonho de muitos viajantes. Chegar até lá é difícil. Exige muito planejamento, algum dinheiro e um bocado de paciência com burocracias. Talvez por isso, seja difícil encontrar material de qualidade sobre este destino. O guia do Tibete da Lonely Planet (em inglês) tem 352 páginas e já ajuda a começar essa viagem dos sonhos. É gratuito para assinantes Kindle Unlimited.

 

 

Best Trips e Road Trips

Sugestões de escapadas de dois dias a aventuras de duas semanas. Mapas rodoviários, sugestões de itinerários e planejamento, além das famosas “insider tips” para agir como um local e evitar roubadas pela estrada afora. Entre os volumes dessas séries que estão disponíveis de graça para assinantes Kindle Unlimited, estão: França, Califórnia, San Francisco Bay, Costa Amalfitana e Rota 66. Tudo em inglês.

 

 

Antártida

Foto: MemoryCatcher/Pixabay

Que tal fazer turismo no continente gelado? A Lonely Planet foi lá e publicou um guia sobre o que fazer por lá. Ver pinguins, fazer cruzeiros por canais, se embrenhar rumo ao Polo Sul e avistar gigantescos icebergs. O guia da Antártida da Lonely Planet tem 224 páginas, está em inglês e é gratuito para assinantes Kindle Unlimited.

 

Transiberiana

Foto: 797329/Pixabay

Outra viagem fascinante, pois se trata de uma das ferrovias mais extensas do mundo. São quase 10 mil quilômetros entre a Rússia europeia e o extremo oriente do país, com conexões para a Mongólia, a China e o Mar do Japão. A viagem percorre oito fusos horários e leva vários dias para ser concluída. Essa é para os fortes! O guia da Ferrovia Transiberiana em inglês está disponível de graça para os assinantes Kindle Unlimited.

 

Rio Acessível

Este guia foi lançado para os Jogos Paralímpicos de 2016, mas continua merecendo atenção. São 64 páginas com dicas de acessibilidade no Rio de Janeiro. Portadores de necessidades especiais vão poder aproveitar a vida noturna, os pontos turísticos e as praias sem barreiras. O livro está em português e é grátis até mesmo para quem não é assinante Kindle Unlimited.

 

Viagens gastronômicas

Levanta a mão quem se acaba de comer quando sai de férias! A gastronomia é uma maravilhosa forma de viajar pelo mundo. E quanto mais você está aberto para novos sabores, mais descobertas você vai ter. A Lonely Planet tem uma subeditora dedicada a livros com roteiros gastronômicos. Entre eles, um guia para “as melhores comidas de rua do mundo”, outro para “as melhores comidas apimentadas” e uma série chamada “From The Source”, com cozinheiros locais dando receitas das cozinhas do Japão, Espanha, Itália e Tailândia.