Sério: você dificilmente conhecerá um lugar como Lanzarote, tema deste nosso breve guia de viagem. Só falando ou escrevendo, é difícil convencer que uma ilha tão pequena (845 metros quadrados) consiga reunir tantos atrativos. Paisagens vulcânicas, arquitetura, planejamento sustentável para o turismo, gastronomia, cultura, um litoral esplendoroso… Enfim, um ambiente inspirador e apaixonante. Que o diga o escritor português José Saramago, que viveu seus últimos 17 anos de vida na ilha e tem a casa e a biblioteca abertas para visitação pública.

O desembarque

Chegamos a Lanzarote depois de um voo bem curto da Binter saindo do aeroporto de Gran Canária. Foram 45 minutos de viagem numa aeronave turboélice pequena, que não tem nem assentos marcados. Mas a companhia foi pontual e não houve nenhum problema na viagem.

O parente do 14 Bis que nos levou de Gran Canária a Lanzarote

O parente do 14 Bis que nos levou de Gran Canária a Lanzarote

O aeroporto de Lanzarote é bem menor que o de Gran Canária, mas é bem servido de conexões internacionais. É possível chegar a ele em voos diretos de quase qualquer parte do continente europeu: Alemanha (15 cidades!!!), França, Suíça, Noruega, Itália… A maior parte desses voos é de companhias low cost (Ryan Air, Easy Jet, Vueling e Air Berlin, por exemplo), mas há algumas graúdas que voam para lá, como a British Airways e a Iberia.

Como diria Fernando Vannucci: simplezinho, mas bonitinho

Como diria Fernando Vannucci: simplezinho, mas bonitinho

Onde se hospedar em Lanzarote

O aeroporto fica em Arrecife, a capital da ilha. Mas este não costuma ser o principal destino de hospedagem dos turistas em Lanzarote. Apesar da cidade ter uma bela orla, vários centros comerciais e grandes hotéis, os viajantes normalmente se concentram em dois balneários. Eles são encontrados em qualquer guia de viagem: Playa Blanca, que fica mais ao sul da ilha, e Puerto del Carmen, mais próximo de Arrecife e do aeroporto.

De acordo com o roteiro que montamos, Puerto del Carmen facilitaria a logística por ser mais central e de saída mais fácil para os locais que queríamos visitar. Acabou sendo a nossa escolha por esse motivo e por ter uma vida vibrante. Mas a ilha é muito pequena, os deslocamentos são sempre curtos, seja qual for o lugar que você escolher para ficar.

A orla de Puerto del Carmen, de aperitivo pra vocês

A orla de Puerto del Carmen, de aperitivo pra vocês

Transporte e deslocamento

Há transporte público saindo do aeroporto de Lanzarote para o centro de Arrecife e para os principais balneários: Playa Blanca e Puerto del Carmen. A passagem é bem barata: custa 1,40 euro para Arrecife e Puerto del Carmen e 3,30 euros para Playa Blanca. São ônibus urbanos que também fazem a viagem no sentido balneários-aeroporto. Confira a informação completinha sobre transporte público para completar o seu guia de viagem no site do aeroporto.

No entanto, optamos mais uma vez por alugar carro. Assim como em todo o arquipélago, as rodovias de Lanzarote são bem conservadas e sinalizadas. Optamos pela companhia local Cicar, que tem preços bem competitivos e descontos progressivos. Com um sim card local no seu celular, qualquer aplicativo de mapas vai te servir lindamente como guia. Além disso, há uma vantagem sobre Gran Canária: as estradas em Lanzarote são muito planas. Portanto, não vai ter sobe-desce, nem curvas demais, nem pista estreita à beira de barrancos.

Vinhos feitos de vulcões, num lugar que mistura rocha, cinzas e fogo: isto é Lanzarote

Vinhos feitos de vulcões, num lugar que mistura rocha, cinzas e fogo: isto é Lanzarote

Nossa hospedagem foi via Airbnb. Uma casa numa espécie de pequeno condomínio em Puerto del Carmen, balneário muito recomendado no guia de viagem que lemos. Tínhamos piscina na área comum e estávamos a cerca de 10 minutos a pé da orla. Além disso, a casa ficava na Juan Carlos I, uma das principais avenidas do balneário, repleta de supermercados, bares, restaurantes e serviços turísticos em geral.

E para sair rumo às principais atrações de Lanzarote, estávamos numa localização privilegiada: a 3km da Casa de José Saramago, a 15km da Bodega La Gería, a 26km do Parque Nacional de Timanfaya e a 46km do Mirador Del Río, a atração mais distante do centro da ilha (porém, imperdível).

Janaína e eu na praia de El Golfo, mais uma das paisagens incríveis de Lanzarote

Janaína e eu na praia de El Golfo, mais uma das paisagens incríveis de Lanzarote

Todos os posts sobre Lanzarote

Nestes outros posts, damos sugestões de roteiros para cada dia em Lanzarote baseado no que fizemos. Deixa a gente planejar a viagem junto com você? 🙂